terça-feira, 28 de julho de 2009

Caderno de Artista - Exposição


Caderno de Artista / Projetos

Caderno 3
Caderno 2
Caderno 1


Abertura 4 de agosto de 2009 às 20h00
Espaço Cultural Eugénie Villien – Faculdade Santa Marcelina
Rua Dr. Emílio Ribas, 89 – São Paulo SP
exposição de 5 a 21 de agosto de 2009
2ª a 6ª da 8h00 às 20h00

Participantes:
Anna Vieitas, Carmen Seiler, Cecília Leal, Célia Custarella, Claudia Bhurna, Eddy Tricerri (caderno 1), Eduardo Nadai, Helena Muller (caderno 2), Heloisa Pessoa, Ilma Ponte, Iole Di Natale, Lílian Arbex, Lucia Novo, Marco São Pedro, Margarida Gregori (caderno 3), Maria Inês Lukacs, Maria Laura de Azevedo Marques, Maria Luiza Mello, Marina Martinelli, Neuza Mattos, Norberto Stori, Norberto Ximenez, Rosemary Granata,
Sandra Nunes, Silvia Raso, Sima Woiler, Suely Cauduro e Zila Troper.
O caderno de Artista é um grande instrumento onde se organizam referências visuais, anotações e projetos das obras. São caminhos, possibilidades e registros significativos para a compreensão do processo criativo que revelam detalhes, muitas vezes ausentes na obra final. Os mecanismos de percepção e os critérios seletivos de armazenamento são pistas que revelam o diálogo do artista com seu próprio projeto na busca de realizar seu desejo.
Picasso considerava que qualquer coisa de sua obra tinha antes que passar por seu caderno de projetos, são verdadeiros diários.
A espontaneidade do gesto em suas pinturas é o resultado do processo de experimentação e descobrimento através do desenho, das colagens e dos estudos de tintas e cores estudados em seus cadernos.
Para chegar à pintura de "Les Demoiselles D'Avignon" foram feitos oito cadernos de projetos.
Constantemente os Artistas necessitam anotar um pensamento fugaz,uma observação,uma nova composição.
O Caderno de Artista passa a ser considerado como um documento privilegiado para o resgate de um momento importante do trabalho criativo.
Esta exposição reúne vários desses cadernos de Artistas Aquarelistas que tem este hábito de registrar e capturar em suas páginas imagens de viagens, pensamentos reflexivos, referências de cores, recortes e fotos num verdadeiro mosaico de importantes informações que futuramente serão solicitados e resgatados em seu processo de trabalho.

Com esta mostra a Associação Brasileira de Aquarela e da Arte sobre Papel e o Núcleo de Aquarelistas FASM reforçam sua postura de que respeitam e valorizam não só a obra final mas todo caminho percorrido para se chegar nela.

Valdo Rechelo
Curador


Núcleo de Aquarelistas

ABA – Associação Brasileira de Aquarela e da Arte sobre Papel

http://www.abaaquarela.blogspot.com/

quinta-feira, 9 de julho de 2009

lens culture photografer and art.







Exemplo de arte e cultura.

Body as Dream

photographs by
Marco Ambrosi
with calligraphy by
Monica Dengo

plus an audio interview with the
photographer by Jim Casper

The Body as Dream series
is based on the certainty
that our reality exists
because we’ve given it a name,
that our representation of the world
is as important
as its existence a priori
and that we,
along with the world we’re a part of,
are defined by our words.